Celular – Stephen King

Celular – Stephen King

Celular - Stephen King

Este foi o meu livro de janeiro de 2019. Escolhi uma obra mestre do terror para iniciar o Desafio da Leitura, porque os livros dele são, em sua maioria, excelentes. Clássicos como It – A Coisa, Carrie – A Estranha, entre outros, fazem parte do acervo deste grande autor. Inclusive esta é uma das minhas recomendações: se você está tentando desenvolver o hábito da leitura, comece por algum gênero ou autor que desperte bastante o seu interesse. Ao escolher um livro mais denso e/ou menos interessante, você corre o risco de perder a empolgação logo no começo e abandonar o Desafio antes mesmo de conseguir transformar a leitura em rotina.

Sinopse

A trama de Celular, do autor Stephen King, gira em torno de um ataque terrorista que apaga o cérebro de milhões de pessoas ao redor do planeta através de seus celulares. O artista gráfico Clayton Riddell, cujo apelido é Clay, é uma das poucas pessoas que, em pleno século XXI, não utiliza celular; desta forma, ele não é afetado pelo ataque e se vê no meio de um apocalipse que reduz grande parte dos seres humanos a uma horda que possui apenas os instintos mais básicos – matar e comer.

Clay, que é casado e possui um filho pequeno, havia acabado de sair de uma entrevista de emprego em outra cidade quando o ataque funcionou. Naturalmente, seu principal objetivo concentra-se em retornar à sua cidade de origem para reencontrar sua esposa e filho, torcendo para que eles estejam a salvo. Ao embarcar nesta jornada, Clay faz alguns amigos que também não foram vítimas do ataque – tais pessoas passaram a ser apelidadas de “normies”, enquanto aqueles com cérebros apagados são chamados de “fonáticos”.

Crítica

Uma das minhas primeiras impressões a respeito do livro é a crítica social às pessoas que vivem conectadas a seus celulares e smartphones, que hoje em dia são a maioria esmagadora. Por estarem com seus celulares o tempo todo, seja utilizando aplicativos ou falando ao telefone, essas pessoas são imediatamente afetadas pelo ataque terrorista e perdem todo o seu discernimento e lucidez, passando a agir apenas com os instintos mais básicos de sobrevivência.

Opinião

Com relação à qualidade da obra, é difícil não gostar de um livro de Stephen King. Porém devo admitir que este livro não me prendeu tanto – para os padrões do mestre do terror, este livro é apenas algo entre razoável e bom, talvez uma nota de 3,5 estrelas em uma escala de 1 a 5.

De qualquer maneira, recomendo a leitura. As últimas 100 páginas do livro são bem intensas, e o autor deixa aquele “gostinho de quero mais” ao final do livro, dando a impressão de que poderia vir a ter continuação.

Onde comprar

Você encontrará Celular – Stephen King nas principais livrarias de sua cidade. Caso tenha o costume de fazer compras online, recomendo comprar no site da Amazon, onde você pode escolher uma cópia física ou um e-book para Kindle.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *